Patrícia Pillar Critica os Políticos: Vivemos num “estado de banditismo”

0
177
PATRICIA PILLAR

Patrícia Pillar Critica os Políticos. Por meio das redes sociais, a atriz Patrícia Pillar manifestou a sua indignação diante da situação do país. O Brasil assiste apáticamente a sessão da Câmara dos Deputados, que vota o prosseguimento ou não da denúncia contra Michel Temer por crime de corrupção passiva.

“É com muita tristeza que digo que o povo brasileiro, em sua grande maioria, está sendo conivente com o estado de banditismo em que vivemos”. Disse Pillar em sua página no Twitter.

Patrícia Pillar Critica os Políticos. Diversos artistas têm se manifestado nas redes sociais contra a tentativa de barrar a denúncia e salvar a pele de Temer. Caetano Veloso e Paula Lavigne lideram um movimento com atores, músicos e outros profissionais chamado “342 Agora”. Este movimento é em referência ao número de votos necessários para que a denúncia passe na Câmara. Mas não passou.

É a primeira vez que um presidente no exercício do cargo é denunciado e tem seu processo de admissibilidade analisado pelo Legislativo.

Patricia Pillar

Patricia Gadelha Pillar(Brasília11 de janeiro de 1964) é uma atriz, e apresentadora de televisão,[1] diretora e produtora brasileira.

Foi casada por 12 anos com o ex-deputado federal Ciro Gomes. Ele atualmente é filiado ao PDT, de quem se divorciou em dezembro de 2011.[2]

Fez sua estreia em televisão em 1985, no programa de videoclipes musicais FM TV, em parceria com Tim Rescala, na Rede Manchete, e na telenovela Roque Santeiro, da TV Globo. Ao longo de sua carreira na televisão esteve em mais de 20 novelas e seriados. Apresenta também o programa Som Brasil. que lhe rendeu inúmeros elogios e prêmios.

Em 2008, obteve o papel de maior destaque de sua carreira, a psicopata Flora Pereira da Silva. Em A Favorita,  rendeu-lhe elogios do público e da crítica, e vários prêmios.

Em 2016, Patricia foi cotada para a novela Velho Chico, porém recusou o papel. Alegando que desejaria férias após a minissérie Ligações Perigosas[3]

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome