Justiça cancela novamente a eleição em Ibitiúra

0
21

A Novela continua, Justiça cancela novamente a Eleição em Ibitiúra de Minas. Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu mais uma vez as eleições suplementares de Ibitiúra de Minas (MG). De acordo com a decisão do ministro Gilmar Mendes publicada na noite desta quinta-feira (28), a disputa só deve ser realizada após o julgamento de um recurso especial apresentado pela chapa cassada no município. O pleito estava marcado para o dia 4 de março de 2018.

Eleição em 2018

Ibitiúra de Minas está vivendo momentos vergonhosos das decisões sobre as eleições. As novas eleições haviam sido determinadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) após a cassação de José Tarciso Raymundo (PSDB) e Romildo do Prado (PSD), eleitos prefeito e vice em 2016. A cassação ocorreu por abuso de poder político e econômico por parte dos candidatos.

Eleição cancelada

A disputa estava marcada inicialmente para o dia 3 de dezembro, Luiz Pio e Alexandre Borges estavam na disputa, mas menos de uma semana antes, o TSE concedeu uma liminar à chapa e a conduziu de volta aos cargos. Segundo a decisão, a dupla poderia aguardar nos cargos o julgamento de embargos de declaração em que questionavam a cassação juntamente ao TRE-MG. Com isso, veja matéria do G1 a disputa do dia 3 foi suspensa.

Dois dias depois da liminar, os recursos foram julgados e rejeitadospelo Tribunal Regional Eleitoral, fazendo com que prefeito e vice fossem afastados novamente e as eleições pudessem ser remarcadas. Mas agora, com a decisão do ministro Gilmar Mendes, o processo foi novamente suspenso.

Uma é a palavra: VERGONHA

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome