Carlos Mosconi pede exoneração e deixa Secretaria de Saúde de Poços de Caldas. Veja o motivo

0
101

Segundo o G1 Sul de Minas, o médico andradense Carlos Eduardo Mosconi pediu exoneração deixou a Secretaria de Saúde de Poços de Caldas (MG). O profissional entregou um ofício ao prefeito Sérgio Azevedo (PSDB) na última quinta-feira (26). Ele alegou problemas pessoais para sair da função.

Em nota encaminhada a imprensa, a Secretaria de Comunicação informou que “o Prefeito Sérgio Azevedo, recebeu um ofício vindo da Secretaria de Saúde, contendo o pedido de entrega de cargo, por parte do secretário municipal de saúde Dr. Carlos Mosconi e da secretaria adjunta de Saúde, Rosilene Faria.

No ofício é justificado, que o objetivo da ação é em oferecer maior transparência na apuração e investigação, por parte da Câmara Municipal de Vereadores de Poços de Caldas.” A administração municipal revelou que vai se manifestar sobre o caso após reunião com os secretários.

 

Investigação na Câmara

De acordo com a Onda Poços, o pedido para uma CPI foi apresentado pela Câmara após várias denúncias encaminhadas à Casa, entre elas sobre a existência de irregularidades em contratos da saúde, além de realização de número elevado de consultas e procedimentos diários por médicos da rede pública e de carga horária superior a 24 horas diárias.

Na oportunidade, foram apresentados nove Requerimentos pelos vereadores, sete deles solicitando informações e documentos ao Executivo.

 

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.