Acusado de matar ex-mulher e filha com magia negra é condenado

0
126
Acusado de matar ex-mulher e filha com magia negra é condenado
Acusado de matar ex-mulher e filha com magia negra é condenado

Acusado de matar ex-mulher e filha com magia negra é condenado

O homem acusado de matar a ex-companheira e a filha de três anos em junho de 2015 em Poços de Caldas (MG) foi condenado a 40 anos de prisão. A sentença foi anunciada na noite desta quarta-feira (13) em audiência no fórum da cidade.

Para o júri, Marcos Francisco Pedrilho é o responsável pela morte de Aline Rosa da Silva, de 30 anos e a filha do casal, Tamy Caroline da Silva, que tinha 3 anos na época. Já Carlos Henrique Ramos, pai de santo acusado por Marcos de influenciar o crime, foi absolvido do crime.

Na época, Carlos foi indiciado após as investigações encontrarem indícios de que ele teria usado magia negra. Mãe e filha morreram asfixiadas.

 O crime

Aline Rosa da Silva e a filha dela, Tammy Caroline da Silva, foram encontradas mortas no dia 20 de junho de 2015 na casa que viviam com Marcos. Ele confessou ter matado as duas asfixiadas e que o motivo do crime seria pessoal.

Durante as investigações, a Polícia Civil desconfiou da versão apresentada e, três dias depois, apreendeu, na casa da família, objetos e livros, entre eles um tratado de magia, e uma carta.

Na época, durante acareação entre os principais suspeitos, Marcos chegou a afirmar que foi Carlos o responsável pelo ritual de magia negra para a morte das duas vítimas.

Informações do G1 Sul de Minas

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome