Audiência Pública sobre a COPASA reúne moradores e autoridades

0
66
Audiência Pública sobre a COPASA reúne moradores e autoridades
Audiência Pública sobre a COPASA reúne moradores e autoridades

Audiência Pública sobre a COPASA reúne moradores e autoridades

A noite da ultima segunda feria, 02 de abril, foi marcada por manifestações aos representantes da COPASA. A companhia vem sendo questionada pela população e administração por não prestar os trabalhos em que esta comprometida, como abastecimento de agua, tratamento e obras inacabadas pela cidade.

A Câmara Municipal ficou lotada e contou com a participação popular. O Prefeito Rodrigo Lopes fez juntamente com a presidente da Câmara Maria Helena Oliveira do Prado a abertura do debate.

O Prefeito de Andradas relembrou o motivo das reclamações da população e salientou a importância da participação popular. No dia 14 de novembro, a Prefeitura deu prazo ate 31 de março para que as obras estivessem em andamento e a população se mostrou insatisfeita neste período fazendo uma avaliação dos trabalhos prestados.

Representantes da comunidade se inscreveram e fizeram as indagações aos ocupantes da mesa. Os vereadores também fizeram o uso da palavra.

A população questionou o fato de nenhum representante do Executivo da CIA estar na audiência, somente o técnico Jacques Cordeiro, analista de Saneamento e alguns funcionários estiveram no local. De acordo com ele a companhia tem feito investimentos no município e o que foi levantado neste encontro será levado para os responsáveis.

O Prefeito da cidade de Para de Minas, Antonio Julio, também fez uso da palavra e destacou a importância do desenvolvimento da cidade após cancelamento dos serviços prestados pela COPASA no local.

Ainda durante a audiência o prefeito apresentou um relatório desenvolvido pela procuradoria geral do município. De acordo com o documento o contrato com a COPASA esta irregular, pois em 2002 a prorrogação de atendimento por mais 25 anos foi realizada sem prévia licitação, gerando a nulidade do ato jurídico Rodrigo explicou também que este documento será enviado aos diretores da Companhia para que o estudem e se manifestem no prazo de quinze dias. Na sequencia, o Poder Executivo de Andradas poderá então tomar as devidas providências para melhora do abastecimento de agua na cidade.

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.