Opinião Covid: Cuidado com a Variant!

0
315

Na minha época Variant era o carro do meu pai, uma Variant marron ano 73 com motor 1600 e dois carburadores, com esta Variant eu aprendi a dirigir. Pensando em Variant, como o mundo mudou dos anos 80 para cá, hoje temos medo da Variant. Variant 2 era praticamente um novo tipo Brasília ou uma Variant quadrada, mas hoje Variant 2 ou P2 é mortal, como tudo mudou.

Em tempos passados, nem faz tanto tempo assim. Ostentar era ter carrão e mostrar uma foto da conquista que o dinheiro propiciou. Hoje ostentar mesmo é postar na rede social uma foto com cartão de vacinação de covid, ainda mais se for da Pfizer Bintech ou Jansen e lá do lado consta apenas uma dose, coisa para poucos. Tipo: “eu tenho você não tem!”.

Em um passado bem distante, lá pelos longínquos anos de 2019 sonhávamos em ir para a Europa, descansar em um resort, ou um cruzeiro all Inclusive. Hoje, não podemos ir para nem para Caldas, que está em Lock Dow, até Ibitiúra tem Variant. Olha a “Variant” de novo, que assustador.

Ninguém se ligava, mas antigamente todo mundo abraçava o poste ao passar pela rua, hoje: “Meu Deus!”, vai saber quem colocou a mão no poste. Escada rolante então, você tenta se equilibrar sem segurar no corrimão. Álcool 70% era proibido pois era perigoso, hoje só falta beber álcool 70, a mão já desbotou de tanto “arco”.

Falando em “arco”, Minas Gerais tem seu dialeto próprio. Aqui agente passa “arco”, limpa os “trem” do mercado com “arcu”, usamos “mascra” para proteção. O mineiro gosta de “gromerá”, mas num pode mais. “Tamém” aquele povo foi “cumê murcegu”, aqui a gente come virado de frango, queijo e bebe pinga, por isso o coronga num saiu daqui.

Não sabíamos nem se o chocolate Biss era fabricado pela Lacta ou pela Nestlê, mas hoje somos especialistas em vacinas, sabemos qual país criou a vacina, sabemos o nome do laboratório e até sabemos soletrar nomes complicados (Pfizer Biontech, AstraZeneca, Coronavac, Janssen, Sputinick V e por aí vai). Sabemos até a eficácia, um exemplo: a Pfizer é melhor e chega 95% de eficácia, mas o problema é quanto as variantes, afinal ela não é tão boa assim, olha a Variant de novo.

Nos anos 80 governo ruim era o Sarney que deixava a inflação nas alturas hoje é o presidente que não compra vacina para seu povo, um tal de Bolso… Calma…Não para de ler não! Já pensou em me criticar na rede social né? Fala a verdade, tipo assim: “vai para Cuba seu comunista do mal, kkkk”. Calma e leia até o fim pelo menos. Alias, hoje em dia Cuba nem é tão ruim assim, sabia que estão vacinando todos os turistas com a vacina Soberana?

Enfim uma coisa voltou a ser igual nos anos 80, descobrimos que somos pobres. País de terceiro mundo. Hoje os Estados Unidos vacinou sua população adulta, já testa vacinação em crianças com 12 anos e vê o número de mortes cair drasticamente. Aqui ficamos na sorte de não pegar corona até chegar a vez de vacina.

Gostou da matéria? Compartilha aí, afinal da trabalho para escrever este artigo e olha que não é control C control V, como 90% do que se lê na internet. Para compartilhar tem uns símbolos no topo da matéria, logo abaixo do título, manda no zapp da família ou compartilha com os amigos no Facebook, aí vou saber que você leu esta matéria até o fim. Valeu por ler até aqui. No fim descobri que a culpa de tudo isso é da Wolks, tinha que inventar esta bendita Variant. 

Curiosidade: Você leu até aqui 13 vezes a palavra “variant”, não acredito que vai tentar contar para ver se é verdade. Meu Deus, como o mundo mudou, kkkkk

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.