Piloto Rubinho Barrichello sofre princípio de AVC e está internado

0
316
Rubens Barrichello
Rubens Barrichello

Piloto Rubinho Barrichello sofre princípio de AVC e está internado

Rubens Barrichello foi internado há mais de cinco dias e lá permanece. No último sábado (27), ele se dirigiu a um hospital de São Paulo por conta de um problema em uma veia na cabeça, que teria sido um princípio de AVC (Acidente vascular cerebral).

O piloto tranquilizou os seguidores, dizendo que foi apenas um problema “em uma veiazinha”, mas “já está ótimo” e “praticamente libertado” do hospital pelos médicos. Faltam apenas alguns exames pendentes para Barrichelllo ter alta e voltar para casa.

Aos 45 anos, ele contou com a ajuda da mulher e de um amigo médico para chegar ao hospital. Por fim, no mesmo vídeo, ele agradeceu o carinho dos fãs, juntamente com as mensagens e as preocupações, e no final, agradeceu a Deus pela melhora.

Piloto Rubinho Barrichello sofre princípio de AVC e está internado
Piloto Rubinho Barrichello sofre princípio de AVC e está internado

Rubens Barrichello

Rubens Gonçalves Barrichello (São Paulo23 de maio de 1972) é um automobilista brasileiro de Fórmula 1 que disputou de maneira ininterrupta o campeonato mundial entre os anos de 1993 e 2011, tendo se tornado o piloto mais experiente da história desta categoria.[1] Foi presidente da GPDA, a Grand Prix Drivers’ Association e representante dos pilotos de Fórmula 1.

Barrichello guiou pela Scuderia Ferrari de 2000 a 2005, como companheiro de equipe de Michael Schumacher, desfrutando de um grande sucesso, sagrou-se vice-campeão em 2002 e 2004. A aposentadoria de Schumacher no final de 2006 fez de Barrichello o piloto mais experiente do grid e, no Grande Prêmio da Turquia de 2008, ele atingiu a marca de 257 largadas, tornando-se o piloto com maior número de corridas disputadas na Fórmula 1. Em 2010, no Grande Prêmio da Bélgica de 2010, atingiu a incrível marca de 300 GPs disputados.

Após competir pela Brawn GP na temporada de 2009, ele foi confirmado para 2010 na equipe Williams, e teve seu contrato renovado para o campeonato seguinte. Em 2011, Rubens disputou sua 19.ª temporada, tornando-se o piloto com maior número de temporadas ininterruptas disputadas. Em 2012, após ser substituído na Williams por Bruno Senna,[2] Barrichello não encontrou oportunidade em outra equipe e, por essa razão, não disputou o campeonato. Com isso, ele correu na Fórmula Indy em 2012, e no fim do mesmo ano disputou 3 corridas na Stock Car Brasil.

Em 2014, sagrou-se campeão da Stock Car Brasil.

Em 2015, sagrou-se campeão Sul-Americano de Kart Rotax[3] e quarto colocado no Mundial dessa categoria, correndo ao lado dos mais jovens no mesmo nível de competitividade.

Informações da TV Foco e Wikipedia

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.