Com 38 casos confirmados, Andradas pode ter número maior ainda de coronavirus

0
312

 

Todo o esforço da prefeitura não está conseguindo impedir o coronavirus em Andradas-MG, hoje a cidade tem 38 casos confirmados de covid19, destes casos, 13 estão em tratamento, 24 estão curados, 2 óbitos e alarmantes 69 em monitoramento, ou seja, tiveram contato com alguém infectado.  Um alerta registrado na live do prefeito Rodrigo Lopes é a segunda morte por causa do coronavirus.

Pesquisa realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com a Prefeitura de Betim, mostra que o número de pessoas que foram expostas ao vírus da Covid-19 pode ser maior que o de casos notificados. De acordo com um resultado preliminar, há 11 casos não notificados para cada um confirmado. Se a pesquisa da UFMG estiver correta, Andradas teria mais de 400 pessoas infectadas, assintomáticas.

Ainda de acordo com as informações divulgadas pela administração municipal, mais 1 óbito (o segundo) foi contabilizado. Trata-se de um caso de uma pessoa que se infectou em Andradas, mas morreu fora do município na última semana e só agora a cidade foi notificada.

Há também uma morte sendo investigada. O caso envolve um paciente que teve morte repentina e que teve material coletado para a realização de exames, que ainda não tiveram os resultados divulgados.

Comércio pode ser fechado novamente

Durante a apresentação do boletim, o prefeito Rodrigo Lopes voltou a tratar da possibilidade de fechamento de estabelecimentos comerciais na cidade. Ele afirmou que Andradas tem até sexta-feira para definir se atende à determinação do Ministério Público para fechar os estabelecimentos, sob a possibilidade de sanções, já que a cidade errou e não aderiu ao programa Minas Consciente do Governo Estadual. Se o comercio fechar novamente, muitas empresas não conseguirão sobreviver.

 

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.