Evento marca a imigração espanhola para Andradas

0
417

Andradas é uma terra só de italianos, correto? Errado, fato que prova isto é o 1º ENCONTRO ANDRADENSE DA IMIGRAÇÃO ESPANHOLA.  Acontecerá no próximo domingo, dia 2 de fevereiro, o 1º Encontro Andradense da Imigração Espanhola, o evento acontecerá na antiga escola do Bairro Pitangueiras, zona rural de Andradas. Confira a programação:

12h – Apresentação da Cia. de Folia de Reis Nossa Senhora da Guia;

14h – Santa Missa;

16h – Reinauguração da Capela de Santo Onofre e homenagem ao imigrante espanhol Sr. Francisco Moia e Família.

O evento contará também com a participação de cavaleiros e amazonas que seguirão à cavalo da área urbana até o local.

Chegada dos espanhóis em 1890

Imigração Espanhola

Em Andradas-MG, os espanhóis migraram para a região das Pitangueiras, Ronca, Farinha e Tanque. Estes nomes são devido a um homem que fazia farinha naquela região, já o tanque é devido a um grande lago que existia no local e ronca, devido ao barulho do rio que ronca. Andradas tem várias famílias entre elas “os Moia”, já tivemos até prefeito de descendência espanhola, no caso o ex-prefeito Ademir Peres. A imigração espanhola no Brasil foi o movimento migratório ocorrido nos séculos XIX e XX de espanhóis para o Brasil. A maioria dos espanhóis foi trabalhar em plantações de café no estado de São Paulo, mas a sua presença também foi importante nos centros urbanos brasileiros.[3] O censo nacional do IBGE não questiona a ancestralidade do povo brasileiro há décadas, por isso não há dados oficiais quanto ao número de brasileiros que descendem de espanhóis. No último censo a questionar a ancestralidade, o de 1940, 436 305 brasileiros disseram ser filhos de mãe espanhola e 340 479 filhos de pai espanhol. Os espanhóis natos eram 147 914 e os naturalizados brasileiros, 12 643. Portanto, espanhóis e filhos de espanhola eram cerca de 1,5% da população do Brasil em 1940.[4] Segundo outra pesquisa, de 1999, do sociólogo, ex-presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Simon Schwartzman, 4,4% dos brasileiros entrevistados afirmaram ter ancestralidade espanhola, percentual que, numa população de cerca de 200 milhões de brasileiros, representaria quase 9 milhões de descendentes.[1] Em 2014, o El País afirmou haver 10 ou 15 milhões de descendentes de espanhóis no Brasil, mas salientou que não existem estudos sobre o tema.[2]

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.