Gafes da Dilma e Candidatura por Minas Gerais

0
6

Gafes da Dilma e Candidatura por Minas Gerais dão o tom do novo vídeo do Vinho e Política, Dilma Rousseff deve ser candidata ao Senado nas eleições deste ano. A petista deve mudar seu domicílio eleitoral para Minas, onde passará a morar. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo e confirmada pelo jornal Estado de Minas. Elias Batista fez um vídeo bem humorado comas gafes da Dilma e traçando uma análise da Dilma candidata por Minas Gerais.


Dilma e Suas Gafes

No decorrer de seus discursos como presidente(a) a Dilma colecionou gafes, as gafes da Dilma são desde: Estocar o vento, que livro é este? até uma saudação para a mandioca, gafes que fazem parte do vídeo da Dilma.

Sobre A Dilma

Dilma Vana Rousseff (Belo Horizonte14 de dezembro de 1947) é uma economista e política brasileira, filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT) e 36.ª presidente do Brasil, tendo exercido o cargo de 2011 até seu afastamento por um processo de impeachment em 2016.[3][4][5]

Nascida numa família da classe média alta, interessou-se pelo socialismo durante a juventude, logo após o Golpe Militar de 1964, ingressou então na luta armada de esquerda: pelo que se tornou membro do Comando de Libertação Nacional (COLINA) e posteriormente da Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR-Palmares) – ambas as organizações defendiam a luta armada contra o regime militar. Passou quase três anos em reclusão, de 1970 a 1972, primeiramente pelos militares da Operação Bandeirante (OBAN), tendo sofrido torturas, e posteriormente pelo Departamento de Ordem Política e Social (DOPS).[6][7]

Reconstruiu sua vida no Rio Grande do Sul, onde, junto com Carlos Araújo, seu companheiro por mais de trinta anos, foi membro fundador(a) do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e participou de diversas campanhas eleitorais. De 1985 a 1988, durante a gestão de Alceu Collares à frente da prefeitura de Porto Alegre, foi Secretária Municipal da Fazenda. De 1991 a 1993 foi presidente da Fundação de Economia e Estatística e foi Secretária Estadual de Minas e Energia entre os períodos de 1993 a 1994 e de 1999 a 2002, durante o governo de Alceu Collares e do sucessor Olívio Dutra. Em 2001 decidiu filiar-se no Partido dos Trabalhadores (PT).[6][8] Em 2002 participou da equipe que formulou o plano de governo de Luiz Inácio Lula da Silva para a área energética.

Veja ainda se Jair Bolsonaro Será Presidente? clique aqui…e veja…

Lula fez a Dilma

Durante o governo Lula, assumiu a chefia do Ministério de Minas e Energia e posteriormente da Casa Civil. Em 2010, foi escolhida pelo PT para concorrer à eleição presidencial, cujo resultado de segundo turno, anunciado em 31 de outubro, tornou Dilma a primeira mulher a ser eleita para o mais alto cargo, o de chefe de Estado e chefe de governo em toda a história do Brasil. Em 26 de outubro de 2014 foi reeleita, novamente no segundo turno das eleições. Em 12 de maio de 2016, foi afastada de seu cargo por até 180 dias devido à instauração de um processo de impeachment, que fora movido contra ela.[11] Teve o mandato presidencial definitivamente cassado em 31 de agosto de 2016,[12][13] porém não perdeu o direito de ocupar outros cargos públicos.

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome