Neymar fala no Jornal da Manhã sobre acusação de estupro

0
57

O Jornal da manhã é apresentado por Elias Batista e Josi Moreira, transmitido ao vivo direto do Studio46 em Andradas-MG. O informativo matinal vai ao ar pela Rádio Mensagem FM 102,7, para Pinhal em 106,3 Rádio Interativa FM e ao vivo em vídeo pela página Studio46 no Facebook. Veja a seguir as notícias do dia no Jornal da Manhã, que foi ao ar as 7:30 da manhã no dia 5 de junho de 2019.

Live from Mevo

Publicado por STUDiO 46 em Quarta-feira, 5 de junho de 2019

 

 

STF retoma nesta quarta-feira julgamento sobre venda de estatais sem aval do Congresso

 

Plenário decidirá se mantém liminar de Lewandowski que proibiu venda sem autorização do Legislativo. Julgamento começou na semana passada; saiba argumentos apresentados.

Supremo Tribunal Federal(STF) retomará nesta quarta-feira (5) o julgamento em que decidirá se o governo federal pode vender estatais sem autorização do Congresso Nacional. A decisão a ser tomada também valerá para governos estaduais e prefeituras.

 

Ex-advogados de mulher que acusa Neymar dizem ter certeza da agressão e que autoridades podem decidir se houve estupro

 

Advogados dizem que foram convidados para reunião pelo pai de Neymar e só depois de não haver acordo mulher relatou estupro.

Os ex-advogados da mulher que acusa Neymar de agressão e estupro divulgaram nesta terça-feira (4) uma nota de esclarecimento onde afirmam ter convicção de que as provas apresentadas pela mulher demonstram que ela foi agredida pelo jogador durante um encontro em Paris, no dia 15 de maio e quem decidirá se o estupro “ocorreu ou não são as autoridades, que podem ter uma interpretação divergente da nossa”.

 

Lula tem direito ao regime semiaberto, segundo o Ministério Público

De acordo com o portal G1, a subprocuradora Áurea Lustosa Pierre considera que o Superior Tribunal de Justiça deve discutir uma eventual progressão de regime no caso de Lula. Ainda não há, contudo, previsão para a data do julgamento.

A progressão de regime é permitida para quem já cumpriu um sexto da punição e, segundo o MP, também leva em conta outros aspectos, como bom comportamento. Por isso, o STJ terá que julgar se Lula pode mudar de regime com base em todos os aspectos.

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.