Suspeito de ter assassinado mulher em Andradas é preso

0
100

Suspeito de ter assassinado mulher em Andradas é preso

O suspeito foi preso  próximo da rodoviária de Andradas. Roupas e objetos pessoais do suspeito foram  apreendidos para serem periciados.

Um suspeito pelo assassinato de  Camila Novais Lima (28) na madrugada de sábado (16) no quintal de um casa abandonada na Av.  Bias Fortes, no centro da cidade, foi preso próximo à Rodoviária de Andradas, na tarde desta terça-feira (19).

Na tarde de sábado, três testemunhas que estiveram com a vítima horas antes do crime, foram conduzidas à Delegacia de Poços de Caldas para serem ouvidas.

Segundo o boletim de ocorrência, o corpo da mulher estava nu, com ferimentos na testa e tinha o rosto coberto com sangue. Uma peça de roupa da parte superior  (top) estava parcialmente queimada e jogada sobre os seios. Uma peça íntima também queimada estava sobre o ventre da vítima, que também causou queimaduras no corpo.

No local do crime foram recolhidos pela perícia vários objetos, como peças de roupas, lingeries, garrafas e tijolos cobertos de sangue.

Imagens de câmeras de monitoramento de um estabelecimento próximo ao local do crime, registram movimentação  na casa abandonada a partir das 3h da madrugada de sábado, registrando  quando um indivíduo sai do local e volta à cena do crime cerca de 15 minutos depois e ainda uma pessoa deixando o local com uma mochila nas costas.

Uma das testemunhas disse a polícia  que esteve com a vítima até 1h da madrugada na Praça Dr. Alcides Mosconi e que em seguida ela teria subido a rua acompanhada por dois indivíduos, que confirmaram ter estado com a vítima, mas que teriam ido embora depois, não sabendo o que teria acontecido em seguida com a ela.

No final da tarde desta terça-feira  (19), o delegado  Fabiano Roberto Mazzarotto que está à frente do caso, realizou diversas diligências e com a expedição do mandado de prisão em desfavor de F. S. T. (26),  os detetives passaram a realizar  buscas  pelas ruas da  cidade, sendo localizado nas proximidades da Rodoviária, onde foi preso e conduzido até uma residência da Vila Leite para acompanhar o cumprimento do mandado de busca e apreensão. Nesta residência onde o suspeito estava dormindo há cerca de 3 ou 4 dias, foram recolhidos uma blusa de moletom na cor vermelha, com a mesma estampa que é vista nas filmagens do homicídio de Camila, dois bonés, duas calças e um tênis, que possivelmente também foram usados naquela ocasião, que deverão passar por  perícia. O suspeito teve a prisão decretada  por 30 dias.

Informações: Andradas Espiral

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.