Estado promove ação para vacinar caminhoneiros contra influenza

0
139

 

imagem de destaque
Minas Gerais tem a maior malha rodoviária do país e a estimativa da campanha é de imunizar cerca de 184 mil caminhoneiros

 

Público prioritário na segunda fase da campanha nacional de vacinação contra a influenza, caminhoneiros que circulam pela BR-381, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram vacinados na manhã de terça-feira (5/5). A ação foi organizada pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), e pela Concessionária Arteris Fernão Dias, pela Secretaria Municipal de Saúde de Betim e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Além dos caminhoneiros, a segunda fase da campanha, que começou em 16/4 e vai até 8/5, é voltada para profissionais das forças de segurança e salvamento, população indígena, pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas.

De acordo com a coordenadora estadual do Programa de Imunização da SES-MG, Josiane Dias Gusmão, a vacinação dos caminhoneiros é de extrema importância, considerando que esses profissionais continuam trabalhando mesmo durante a pandemia da covid-19. “As atividades dos caminhoneiros não foram interrompidas; a vacina voltada para este público é para evitar complicações, hospitalizações e óbitos em decorrência da influenza. Se eles estiverem protegidos, não terão risco de adoecer, de terem complicações e não irão propagar o vírus”, explica.

Josiane lembra ainda que Minas Gerais tem a maior malha rodoviária do país e a estimativa da campanha é de imunizar cerca de 184 mil caminhoneiros. “Este público também encontra dificuldades para se vacinar, porque eles trabalham o dia todo, chegam nos municípios ou muito cedo, quando as salas de vacinação ainda não foram abertas, ou quando já estão fechadas”, completa.

Essenciais

De Santa Catarina e passando a trabalho pelas estradas mineiras, o caminhoneiro Marcelo Burgatti foi até a sala de vacinação montada no posto da Polícia Rodoviária Federal para se imunizar. “Acho importante buscarmos a prevenção, pois rodamos direto, passamos por vários lugares e a vacina é uma forma de se prevenir e não ficar doente”, afirmou.

De máscara e prevenindo-se também contra a covid-19, o caminhoneiro que entrega alimentos, Rodrigo de Assis Saragosa aprovou a ação: “Trabalho no trecho e, durante as viagens, visito muitas cidades. Todos os colegas devem se vacinar”.

Todas as medidas de higienização contra o coronavírus foram tomadas para realizar a vacinação no posto da PRF. Para prosseguirem a viagem com saúde e segurança, os caminhoneiros ganharam kit com máscara, um par de luvas, um frasco de álcool em gel e material informativo.

Para mais informações sobre a campanha contra a influenza, acesse: www.saude.mg.gov.br/gripe

Fases da Campanha Público-alvo
1ª fase (a partir de 23 de março) – Idosos com 60 anos ou mais de idade

– Trabalhadores da Saúde

2ª fase (a partir de 16 abril) – Membros das forças de segurança e salvamento

– Pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais

– Caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo (motoristas e cobradores) e portuários

– Povos indígenas

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas

– População privada de liberdade

– Funcionários do sistema prisional

3ª fase (de 9 a 22 de maio) – Pessoas com deficiência

– Professores

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos

– Gestantes

– Mães no pós-parto até 45 dias

– Pessoas de 55 anos a 59 anos de idade

 

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.