Professores de Andradas são vacinados contra o coronavírus

0
111

Nessa terça-feira, 01 de junho, a Prefeitura de Andradas deu início à vacinação dos professores e profissionais de Educação com mais de 18 anos. Na quarta-feira, 02/06, os demais profissionais da Educação podem se vacinar, como auxiliares de limpeza, coordenadoras, supervisoras, diretoras, entre outras funções. No dia de hoje 02 de junho de 21, os demais funcionários da educação serão vacinados.

Primeira professora de Andradas a ser vacinada

“As cidades que concluíram a vacinação de pessoas com comorbidades já podem iniciar a aplicação em professores e trabalhadores da educação. Um avanço na maior operação da vacinação da história de Minas, para agilizar a proteção em novos grupos, utilizando as doses que já foram distribuídas”, informou o governador de Minas Gerais, Romeu Zema em seu instagram.

A prefeitura de Caldas-Mg comemora a vacinação dos professores

Na região do sul de Minas as prefeituras comemoram a vacinação, um exemplo é Caldas-MG. Finalmente o Estado de Minas decidiu pelo que já vínhamos pregando há tempos: a inclusão dos professores no grupo prioritário para vacinação contra COVID-19.

A decisão é de que cidades que concluírem a vacinação de comorbidades podem imunizar os professores. Vamos seguir trabalhando de forma organizada e responsável e aguardar a chegada dos novos quantitativos de vacinas.

Capital Mineira (BH) amplia vacinação para professores

Iniciou na terça-feira (1º), a Prefeitura de Belo Horizonte ampliou a vacinação contra a Covid-19 para professores. Nesta semana, começou também a imunização de pessoas com deficiência e trabalhadores do transporte aeroviário. A vacina a ser aplicada será a primeira dose da AstraZeneca.

Volta às aulas

A vacinação dos trabalhadores da educação é uma reivindicação do sindicato dos professores para o ensino presencial no Estado. Pelo governo, os alunos já teriam voltado para as salas de aulas nas cidades que estão nas ondas amarela e verde do programa Minas Consciente. Mas o retorno está judicializado e a previsão é de que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) decida sobre a questão no próximo dia 10.

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.