servente de pedreiro é preso suspeito de matar homem na Gramínea

0
156

Um auxiliar de pedreiro foi preso suspeito de matar um servente na madrugada desta segunda-feira (10) na zona rural de Andradas (MG). Segundo a Polícia Militar, a vítima, de 42 anos, foi encontrada caída com ferimentos no nariz e na boca, já sem vida.

Ainda conforme a PM, testemunhas disseram que os dois teriam discutido. O suspeito contou à polícia que o servente o pegou pelo pescoço e, em seguida, para se defender, ele deu um soco no rosto da vítima e o estrangulou. Depois disso, ele abandonou o local.

O suspeito do crime tem 23 anos e foi preso em flagrante, de acordo com a polícia.

O Crime

O crime aconteceu por volta das 0h30 da madrugada deste domingo, 09, no Distrito da Gramínea. O autor, de 23 anos foi preso e e encaminhado para Delegacia de Poços de Caldas.
O crime aconteceu, após uma briga na praça do bairro, próximo a um bar, envolvendo dois rapazes e a vítima entrou na briga para defender um deles, entrando em luta corporal com o autor, momento em que populares separaram a briga. Mais tarde, quando a vítima seguia para sua casa foi atacada pelas costas, por um dos envolvidos na briga e faleceu no local. O corpo da vítima estava de costas e com ferimentos no nariz e a boca ensanguentada.
A Polícia Militar e a perícia técnica compareceram no local.
O homem que morreu tem familiares no Distrito e residia em Poços de Caldas atualmente, o autor é paranaense e mora no Distrito.
COMPARTILHE
Artigo anteriorSpace X quer levar homem a marte
Próximo artigoA história e o futuro do Rádio
Elias Batista
Jornalista - MTB 18516/MG. Pós Graduado em Comunicação Empresarial e marketing. Autor do melhor livro de Vinhos do Brasil: Vinho & Política. Locutor e fundador do Grupo Studio46. Ex-diretor artístico da Band FM e Vinícola AM. Editor Chefe da Revista Andradas. Analista Político.

COMENTE

Por favor digite o seu comentário
Por favor informe o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.